sexta-feira, 6 de novembro de 2009

A investigação nos museus - I


Uma visão globalizada do museu leva-nos a situar a investigação na relação com as restantes funções do mesmo. Partindo da informação que “no novo museu a investigação é o instrumento que possibilita a conservação, comunicação e exibição dos seus conteúdos culturais”, o primeiro passo a dar deve ser dirigido à consecução do conhecimento das colecções através da análise e contrastação dos resultados. De facto, uma das tarefas que são atribuídas directamente à investigação é a elaboração dos instrumentos de descrição e catalogação para o estudo científico dos fundos. Para isso, o investigador deve contar com uma ampla formação e especialização do conteúdo dos mesmos, apoiando-se na bibliografia existente sobre o tema e os resultados das análises realizadas pelos distintos laboratoriais com o fim de integrar os conhecimentos históricos, artísticos e culturais das colecções, com os resultados dos métodos analíticos aplicados aos bens culturais, incrementando assim as informações que temos sobre elas.

Sem comentários:

Enviar um comentário